Chanel N°5: O perfume mais extravagante do mundo

0 Comment

A história da fragrância que já completou 90 anos e que continua sendo um dos perfumes mais vendidos em todo o mundo. Descubra o que tornou o Chanel N°5 uma lenda olfatória. 


No inicio dos anos 20, Coco Chanel procurou o perfumista Ernest Beaux com um pedido irrecusável: ajudá-la a criar sua primeira fragrância. Ainda que apreensivo com tamanho desafio, Beaux respondeu avidamente o seu convite se pondo em campo para criar o perfume dos sonhos da figurinista.

Em uma época onde somente uma Jasmin protagonizava as fórmulas, Beaux deu um passo audacioso ao utilizar 80 flores diferentes na nova fórmula. Dentre elas a Rosa Centífolia, a Ylang Ylang, o Sandâlo, a essência de Néroli e outros aromas que deram ao perfume uma característica severa com “cheiro de mulher” – exatamente como Coco Chanel pedira.

Sua severidade vem principalmente da substância sintética chamada aldeídos, frequentemente descrita como cheiro do frio e da limpeza. O excesso de aldeídos contidos na formula tocou o emocional de Chanel que imediatamente aprovou a fragrância o batizando de N°5. A figurinista depositou o perfume em um frasco de vidro estilo ArtDeco, adornando apenas com o nome de sua marca.

A tampa do frasco em forma de diamante fora inspirada na geometria do Place Vendôme, em Paris. Seu design sofreu apenas discretas alterações até hoje, mantendo sua simplicidade e minimalismo.

timeline_design_chanelN5

chanelbottlemainN5

Depois de quase um ano desenvolvimento, o Chanel N°5 já estava pronto para ser inserido no mercado. Em uma tacada de mestre, Coco preferiu por não fazer do seu lançamento um grande evento. Ao invés disso, optou por usa-lo pela primeira vez em um jantar em Cannes. Como já esperava, foi abordada por pessoas da alta sociedade com a pergunta indiscreta: “O que você está usando?” – a “deixa” que ela precisava para ganhar o reconhecimento da elite parisiense. Xeque-mate!

Desde então, sua fama se espalhou tornando-se rapidamente no perfume mais vendido do mundo.timeline_ad_chanelN5

Como parte de uma agressiva estratégia de marketing, grandes celebridades emprestaram sua beleza para as campanhas publicitárias do perfume –  Catherine Deneuve, Candice Bergen, Susy Parker, Nicole Kidman e até Brad Pitt (que foi o primeiro homem a representar a fragrância) são alguns dos nomes deste elenco.

O perfume também tem muitos eventos históricos pelos quais se orgulhar. Um deles foi quando a própria Coco Chanel posou para as fotos de divulgação da fragrância para a revista Harper’s Bazaar, em 1937. Quase 20 anos depois, em 1955, o perfume se tornou ainda mais amado quando Marlyn Monroe afirmou, no auge de sua fama, que ia dormir todo dia usando somente algumas gotas de Chanel N°5 e nada mais.

marlynmoroe-frase

Na mesma década, a fragrância foi homenageada em MOMA de Nova Iorque por Andy Warhol. O pintor e cineasta norte-americano retratou o perfume em uma séria de serigrafias que até hoje são lembradas.

timeline_andyw_chanelN5

Mais de noventa anos se passaram e Chanel N°5 continua produzindo um efeito poderoso no mercado atual. Estima-se que atualmente um frasco do perfume é vendido a cada 30 segundos – este sim é um dado que nos leva a considera-lo não apenas uma fragrância, mas uma verdadeira lenda.

Chanel-N°5-em-exposição

0 Comments

Leave a Comment