Resenha: Testando a base Liquid Skin da Kiko

4 Comments
Então aqui vai a resenha da minha mais nova base queridinha do momento: a Liquid Skin Second Skin Foundation da Kiko! Eu conquistei essa belezinha no evento de inauguração da primeira loja da Kiko no Brasil (saiba mais aqui) e, de todos os produtos que eu trouxe pra casa, esse era o que eu mais estava ansiosa pra testar!

 

 

Não é de se estranhar que eu tenha me dado tão bem com essa base. Ela é do tipo de formula que eu mais gosto: aquosa, com acabamento super leve e natural. Como o próprio nome sugere, a missão desse produto é criar um efeito de uma segunda pele – ou seja, cobrir imperfeições de forma tão sutil que nem parece que você está maquiada. (Impossível não comparar com uma das minhas bases favoritas da vida, a All Luminous Weightless Foundation da NARS, que segue exatamente o mesmo princípio mas que é o dobro do preço!)
 

Eu adorei a embalagem que é de vidro e tem aplicador de conta gotas. Acho que não existe frasco melhor pra esse tipo de formula muito líquida.

 

 

A aplicação é fácil, pode ser aplicada com os dedos e você só precisar de 2 ou 3 gotinhas pra cobrir o rosto todo. É claro que, por ser bem fluída, você consegue construir várias camadas até encontrar a cobertura perfeita, sem deixar um aspecto pesado.

 

 

Na minha pele ela ficou perfeita: toque sequinho, acabamento levemente acetinado e super confortável! Ela ajudou a disfarçar meus poros, deixou a pele mais uniforme e cobriu alguns pontos avermelhados que eu tenho em volta do nariz.

 

 

Só uma coisa que eu reparei e que me incomodou um pouco nessa base é que, assim como a da NARS, ela também deixa um aspecto esquisito nos pontos mais secos do rosto. Isso acontece porque a pele, quando está muito desidratada, acaba “sugando” qualquer coisa que vê pela frente, causando o tão temido efeito craquelado. Pra evitar isso, eu recomendo que você aplique um hidratante bem power no rosto, espere uns minutinhos e depois aplique a base. Ajuda muito!

 

 

Ainda bem que na formula já tem ácido hialurônicovitamina C e Resveratrol que ajudam a manter a pele hidratada, viçosa, firme e com toque macio. Além disso, a formula também conta com FPS 15, que não substitui o seu filtro solar de cada dia mas já dá aquela forcinha extra na proteção.

 

 

Conclusão: amei muito essa base, estou bem satisfeita com o que ela oferece e acho um super negócio pra quem também gosta de bases leves com acabamento mais natural.

 

A Liquid Skin já está a venda aqui no Brasil (yeah!) em 14 tons diferentes. O preço é R$129.

 

4 Comments
  • Ingrid

    Responder

    Meu tipo de base! Se a duração for boa pra base aquosa vale o invest 🙂

    • Renata Stanquini

      A duração é ótima! Pra você que também ama bases desse tipo, vale super o investimento 🙂

  • Natasha Romaszkiewicz

    Responder

    AAAAAI RE! Esse era o produto que eu estava mais curiosa para ver resenhas! De cara quando vi essa embalagem eu já sabia que iria amar hahahaha Usei há um tempo uma bem parecida da Dermage (só que ela tinha efeito bem mate!) e amei (mas também rolava isso de ter que hidratar bem a pele)! Amei saber que ela não é só maquiagem, mas também trata o rosto! Suas fotos são sempre lindas e seus posts idem

    • Renata Stanquini

      Eu também acabei escolhendo pela embalagem HAHAHA Na verdade, é aquela coisa: o conta gotas denuncia que a base é mais fluída e isso, por si só, já conquista HAHAH <3 Obrigada pelos elogios! Vindo de você eu fico toda orgulhosinha <3

Leave a Comment